Ocupação da Reitoria da UFSM sofre ameaça de reintegração de posse.

No dia 24 de novembro de 2017, a reitoria da Universidade Federal de Santa Maria foi ocupada pelas/os estudantes, do movimento negro da UFSM, como forma de denúncia aos ataques racistas com estudantes da universidade e exigindo posicionamento da Reitoria sobre o caso.
A Ocupa Antirracista ocupação que denúncia racismo na universidade está sob a ameaça de reintegração de posse. O movimento faz denúncia aos ataques que estudantes negras e negros vêm sofrendo na universidade, o episódio que desencadeou a ocupação foram pixações com frases racistas, suásticas e ameaças direcionadas a três estudantes negras e negros que foram encontradas no Centro Acadêmico das Ciências Sociais da UFSM.
A universidade entrou com um pedido de reintegração de posse no dia 28 de novembro e a Ocupação Antirracista vêm resistindo à pressão e as ameaças de criminalização do movimento.

Conheça a revindicações do movimento através do comunicado feito na pagina da ocupação no dia 27.11.

 

 

POVO PRETO UNIDO É POVO PRETO FORTE!A OCUPAÇÃO ANTIRRACISTA na REITORIA da UFSM construída pelo Movimento de Negras e…

Posted by Ocupação Antirracista- Reitoria/UFSM on Monday, November 27, 2017